Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Educação
Programa Bolsa Juventude Rural está com inscrições abertas
As inscrições podem ser feitas até o dia 5 de julho
Terezinha Vilk/Emater/RS
por  Terezinha Vilk/Emater/RS
15/06/2022 09:07 – atualizado há 34 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

Os jovens interessados em concorrer a uma vaga no Programa Bolsa Juventude Rural podem procurar os Escritórios Municipais da Emater/RS-Ascar. As inscrições podem ser feitas até o dia 5 de julho. O programa visa incentivar a permanência e o retorno dos jovens ao ensino no médio e de criar condições para a permanência do jovem no meio rural e estimular a sucessão familiar. Serão disponibilizadas 712 bolsas para jovens entre 15 a 29 anos, regularmente matriculados no 2º ou 3º ano do ensino médio, em escolas públicas estaduais ou instituições educacionais com pedagogia de alternância. Também está entre os requisitos ter a Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP) ativa.

Divulgação Secretaria da Agricultura RS

A convite da 15ª Coordenadoria Regional de Educação, o coordenador regional da Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Inídio Munari, e a Emater/RS-Ascar participaram da reunião online, realizada na segunda-feira (13/06), com diretores e professores de escolas de abrangência desta coordenadoria. Inídio, o gerente regional da Emater/RS-Ascar, Gilberto Tonello, e as extensionsitas Nádia da Rosa, Karen Marchetto, e a coordenadora do Centro de Treinamento de Agricultores de Erechim (Cetre), Rosaine Baldissera, falaram sobre o Programa Bolsa Juventude Rural. Foi exposto na reunião o objetivo do programa e alguns critérios. Também foi ratificada a importância desta política pública disponibilizada pelo Governo do Estado, através da Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), em parceria com a secretaria de Educação e Emater/RS-Ascar.

Divulgação Emater

O programa disponibiliza R$ 2 mil, a fundo perdido, para operacionalização do projeto produtivo que deve ser elaborado pelo jovem e visa valorizar sua iniciativa e o potencial da propriedade.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE