Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Divulgação/Prefeitura de Erechim
Educação
Produtos saudáveis e experiência com dinheiro - Feira do Produtor vai às Escolas Municipais
Produtores rurais que comercializam produtos na Feira do Produtor estiveram em duas Escolas Municipais de Erechim.
Ascom Prefeitura de Erechim
por  Ascom Prefeitura de Erechim
09/06/2022 08:28 – atualizado há 18 horas
Continua depois da publicidadePublicidade

“Comprei bergamota, suco, bolacha, pipoca e uma alface. Gostei muito”, comenta entusiasmada a estudante da Escola Paiol Grande, Anaysa Alves Pereira de 8 anos.

Com o objetivo de proporcionar essa experiência de compra e também de ter acesso a alimentos orgânicos de produtores locais, a Secretaria Municipal de Agricultura, Abastecimento e Segurança Alimentar, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação e o Centro de Apoio a Promoção da Agroecologia (CAPA), realizou nesta terça-feira (7) e quarta-feira (8), uma feirinha na EMEF Luiz Badalotti e na EMEF Paiol Grande.

Cinco produtores participaram da ação comercializando produtos como suco de laranja, queijo, verduras e panifícios. “É um ponto de comércio a mais e um incentivo para as crianças pra conhecer e degustar produtos naturais e também uma maneira de trabalhar com o dinheiro, saber quanto custa, receber o troco e eles entenderem de onde vem os produtos”, comenta o produtor Fernando José Lise que há mais de 30 anos trabalha na produção de frutas e há 12 anos comercializa na Feira do Produtor.

O secretário de Agricultura, Abastecimento e Segurança Alimentar, William Racoski destacou que a iniciativa visa estimular ainda mais as crianças a consumirem alimentos saudáveis. “Esse foi um projeto piloto para avaliarmos os resultados. Ver as crianças com a lista de pedidos, indo comprar, descobrindo o valor do dinheiro, comprando produtos de qualidade foi muito bacana”, destaca Racoski.

O prefeito Paulo Polis, o vice-prefeito Flávio Tirello e os secretários William Racoski e Verenice Lipsch acompanharam as atividades nas escolas que desenvolveram um trabalho pedagógico com a ação que contribuiu na relação de conteúdos abordados em sala de aula. A diretora da Escola Luiz Badalotti, Maria Salete Torres destaca a integração da atividade. “A Feira na Escola teve papel relevante na cooperação entre os feirantes e estudantes. Foi uma atividade de muitas aprendizagens como o ir às compras sozinho, a escolha dos produtos, socialização nas filas, uma aula de educação fiscal com vivências únicas”, pontua a diretora.

Os estudantes do Sistema Municipal de Ensino já têm acesso a alimentos vindos de produtores rurais, visto que 90% da alimentação escolar está sendo adquirida da agricultura familiar. A ação desenvolvida nas duas escolas será avaliada, com objetivo de desenvolver outras edições futuramente. “A realização da Feira nas Escolas é uma oportunidade de compartilhar experiências entre produtores e comunidade escolar. Trabalhar a alimentação saudável nas escolas é contribuir para que as crianças e estudantes desde cedo cuidem da sua saúde e nada melhor do que fazer ações práticas para que isso aconteça”, finaliza a secretária de Educação, Verenice Lipsch.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE