Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Cidade
Vereador Anacleto Zanella quer a volta da Política Nacional de Valorização do Salário Mínimo
A moção apresentada por Anacleto enumera algumas justificativas para a retomada da valorização do salário mínimo
Giuliano Olivar/Assessoria
por  Giuliano Olivar/Assessoria
17/05/2022 11:29 – atualizado há 9 dias
Continua depois da publicidadePublicidade

 Na sessão ordinária realizada na última segunda-feira (16), os representantes do Poder Legislativo de Erechim aprovaram a moção de autoria do vereador Anacleto Zanella (PT) em apoio ao retorno da Política Nacional de Valorização do Salário Mínimo. De acordo com o parlamentar, o salário tem perdido seu poder de compra rapidamente, e é urgente que alguma medida seja tomada no sentido de sanar este problema que aflige milhões de brasileiros. 

Na Região Alto Uruguai, o Salário Mínimo beneficia milhares de pessoas, inclusive muitos Aposentados e Pensionistas urbanos e rurais. Após a aprovação, o documento foi encaminhado à presidência da República, ao Senado Federal, à Câmara dos Deputados e ao senador Paulo Paim, autor do projeto que busca retomar a referida política de valorização.

A moção apresentada por Anacleto enumera algumas justificativas para a retomada da valorização do salário mínimo. Segundo o vereador, até 2019, a regra para o aumento do salário previa a correção pela inflação do ano anterior mais o crescimento do PIB de dois anos antes. “Isso proporcionava ganhos reais para o piso salarial. Entretanto, o atual governo não renovou essa política e, assim, os reajustes passaram a levar em conta apenas a reposição da inflação”, afirma, citando ainda que a reposição para 2022 ficou abaixo do recente índice de inflação, e que a expressiva alta nos preços da cesta básica e de combustíveis agravaram ainda mais a situação vivida por muitas famílias que dependem do salário mínimo.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE