Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Economia
Bolsonaro volta a defender fim do horário de verão
Retorno da antecipação dos relógios é considerado alternativa para amenizar risco de apagões e amenizar pressão sobre produção de energia
Rádio Guaiba
por  Rádio Guaiba
07/07/2021 08:24 – atualizado há 2 meses
Continua depois da publicidadePublicidade

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) criticou, durante encontro com apoiadores, nesta terça-feira, o uso do horário de verão e afirmou que a medida não gera nenhum ganho financeiro. Segundo o presidente, na volta ao Palácio da Alvorada, a maioria é contra o horário de verão porque “mexe no horário biológico”. As informações foram divulgadas pelo jornal O Estado de S.Paulo.

Google

A volta do horário de verão é defendida como uma alternativa para amenizar o risco de apagões e abrandar a pressão sobre a produção de energia durante os próximos meses, de estiagem.

Na semana passada, associações do setor de turismo – que reúne hotéis, restaurantes e bares – enviaram pedido ao presidente Jair Bolsonaro e ao ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, pelo retorno da antecipação do relógio.

Segundo a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), a mudança pode favorecer o setor produtivo do País e ajudar na retomada econômica.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...